Fic's:

Amo-te com todas as minhas forças
Amo-te
Passado e presente
Twincest
Juro que não te vou deixar
Juntos... para sempre?
Anjo selvagem
Amar não é crime
Feitiço de amor
It is not just sex
Quando eu crescer
Nada nem ninguém nos separa
Cedo ou tarde
My mission is kill you
Uma verdadeira história de amor
Segredo eterno
Cedo ou tarde II - Um novo começo
The king of hip-hop

One Shots:

Almas gémeas
Don't jump
Saltarei contigo
Perdoas-me? Claro!
Traído pela alma gémea
Esta separação só nos juntou ainda mais!
Somos amigos? Não. Irmãos!
Mata-me se fores capaz
Desculpa, mas eu odeio-te!
Cala-te e trabalha
Eu sou só teu... e demais ninguém
24 horas
Não te quero perder
Anjo da Guarda
Quero-te sempre comigo
Agora estou sozinha
My sweet vampire
Ich liebe dich
Preciso de ti...
Pequeno segredo
Tentação proibida
Tu és a minha metade
Equação
Forever yours
Por mais errado que seja
Sempre te amei
Revenge
Forgive me
I will be
Can you feel the love tonight?

Todo o rei tem de ter a sua rainha...

Sábado, 16 de Agosto de 2008

One ShOt - Esta separaçãO sO' nOs juntOu ainda mais!

O génerO "mOrtes e suicidiOs" tá a ganhar... mx eu ainda ñ vOu faxer uma desse generO pk eu kerO + vOtOs... depOis sim, lOgO se fax O k tiver +... kerO ter nO minimO 10 vOtOs bitte! vamOs passar à histO'ria mx é...

---------------------------------------------------

 

[Bill]

EstOu nO meu quartO, sentadO na minha cama a Olhar O chãO quandO alguem entra nO meu quartO sem bater à pOrta. NãO levantei lOgO a cabeça pOrque pensei que fOsse O TOm, más já me dei cOnta que nãO é. LevantO a cabeça e é entãO que veijO a Marta, a namOrada dO meu irmãO.

Eu - O que estás aqui a fazer?

Marta - Nada de especial. Vim fazer-te cOmpanhia. - ela aprOximOu-se e beijOu-me, eu afasteia.

Eu - Pára... tu és a namOrada dO meu irmãO. O que se passa cOntigO?

Marta - Eu e O TOm acabamOs. POrque eu descObri que te querO a ti, nãO a ele.

Eu - MesmO assim. Eu nãO pOssO trair a cOnfiança dO meu irmãO. - ela parece que nãO me deu OuvidOs e beijOu-me novamente.

Neste mOmentO entra O TOm nO meu quartO.

TOm - Bill, Marta!? - ele parecia espantadO. Eu afastei-me lOgO dela.

Eu - TOm, eu...

TOm - COmO é que tu me pudes-te trair cOm O meu prO'priO irmãO? - fiquei cOnfusO.

Eu - Mas vOcês já nãO tinham acabadO?

TOm - O que? NãO. NO's nãO tinhamOs acabadO. Mas agOra sim... acabamOs. Mas issO nãO intereça. COmO é que tu fOste capaz de trair O teu irmãO, Bill, cOmO?

Eu - TOm, Ouve-me. Eu nãO cria...

TOm - Cala-te. Eu nãO te querO Ouvir. Tu traiste-me. COisa que eu pensava que nunca farias. Mas estava enganadO. PiOr que a traiçãO da Marta é a tua traiçãO. Eu OdeiO-te... - ele cOmeçOu a chOrar. As palavras dele penetraram nO meu cOraçãO cOmO uma bala que cOmeçOu a destruir-me pOr dentrO.

Eu - TOm, nãO é nada dissO. Eu nãO te traí. Deixa-me explicar. FOi ela que...

TOm - Já disse que nãO querO Ouvir mais nada. Desaparece da minha vida. - ele saiu a cOrrer e fOi directO para O quartO dele.

Lágrimas de arrependimentO, dOr e O'diO cOmeçaram a escOrrer pela minha face. ArrependimentO, pOr nãO ter impedidO que ela me beijasse, apesar de eu nãO ter culpa, sintO-me arrependidO. DOr, pOr ter OuvidO aquelas palavras da pessOa que mais amO nO mundO. E O'diO... O'diO pOr aquela que nOs cOnseguiu separar. Virei-me para ela, cOisa que me custa fazer pOr causa daquilO que ela fez.

Eu - Já viste O que fizes-te?

Marta - Sim. E estOu satisfeita. Já cOnsegui O que queria. - fez um sOrrisO sinicO.

Eu - O que queres dizer cOm issO? Que O teu ObjectivO era separarnOs.

Marta - Sim. - ela disse aquilO cOm a maiOr das facilidades, O que me está a irritar.

Eu - POrque? POrque fizes-te issO? POrque? - as minhas lágrimas caiam cada vez cOm mais intensidade.

Marta - Simples. Eu sO' querO vOs ver sOfrer. Eu O'deiOvOs. - ela passOu pOr mim e saiu.

Eu - MERDA. ODEIO-TE MARTA. ODEIO-ME A MIM MESMO. ODEIO. - gritei.

As minhas lágrimas sãO tãO intensas que até dO'i. NãO aguentO mais... tenhO de falar cOm O TOm. TenhO de falar cOm a minha alma gémea.

SaiO dO meu quartO a cOrrer e batO à pOrta dO quartO dO TOm.

Eu - TOm, abre a pOrta. TOm, deixa-me falar cOntigo pOr favOr.

TOm - Desaparece da minha vida. Vai-te embOra. Deixa-me.

Eu - NãO TOm. Eu nãO pOssO. És a pessOa que mais amO neste mundO. POr favOr vamOs falar. Eu precisO de te cOntar uma cOisa. POr favOr TOm.

TOm - Eu nãO te querO Ouvir. Eu OdeiO-te. SAI DA MINHA VIDA. - uma vaziO enOrme envadiO O meu ser, e começOu a matar-me pOr dentrO.

Eu - É... mesmO... issO... que tu... queres?

TOm - SIM.

Eu - EntãO que assim seja. VOu desaparecer da tua vida para sempre, nãO sO' da tua vida, mas deste mundO tambem.

TOm - Ainda estás aí? - falOu cOm frieza.

Eu - SO' querO que saibas uma cOisa. Eu amO-te manO. - dei uma última batida na pOrta e saí a correr daquele cOrredOr e daquela casa.

Cheguei à rua e veijO que está a chOver. COrrO pelas ruas, enquantO a chuva cai em cima dO meu cOrpO, já encharcadO.

ChegO a uma pOnte suspensa sObre um rio que eu sei ser muitO fundO. EstOu prOntO para pÔr fim a esta vida. SubO para cima dO murO da pOnte, mas antes de me atirar OiçO uma vOz chamar pelO meu nOme...

... - BILL. - OlhO para traz e veijO a pessOa que mais amO neste mundO. A minha alma gémea.

Eu - TOm!? - fiquei um pOucO cOnfusO, mas aO mesmO tempO feliz pOr O ter ali cOmigO.

TOm - Bill... pOr favOr nãO faças issO.

Eu - O que te impOrta issO? Se tu nãO me queres ter na tua vida, entãO eu nãO querO estar neste mundO.

TOm - NãO Bill. POr favOr. NãO me deixes. Eu nãO te OdeiO. Eu amO-te manO.

OlhO para ele e veijO uma expressãO de culpa, arrependimentO e suplica. DesçO dO murO. COrrO até ele e abraçO-O.

Eu - TOm, desculpa. Ela disse-me que vOcês tinham acabadO. Eu acreditei, mas mesmO assim nãO queria nada cOm ela, nem querO. FOi ela que me beijOu, eu nãO cria...

TOm - Shiu... nãO digas mais nada. Eu acreditO em ti. SO' nãO percebO pOrque ela fez istO.

Eu - Ela disse-me... que sO' nOs queria separar pOrque nOs Odeia. Desde O principiO ela sO' queria a nOssa separaçãO, manO.

TOm - E quase cOnseguiu. Nada nem ninguem nOs vai cOnseguir separar, nunca.

Eu - PrOmetes?

TOm - PrOmetO.

Eu - Eu era incapaz de te trair. Eu amO-te manO.

TOm - Eu sei. Eu tambem te amO manO. Esta separaçãO sO' nOs juntOu ainda mais!

Eu - COncOrdO cOntigO.

 

Fim

Estou ou escrevo: na bOa
Estou a ouvir: LOve is dead - TH
tags:

By мєℓαηιє кαυℓιтz às 15:44

Link do post | Adicionar aos favoritos

De Mii ϟ a 16 de Agosto de 2008 às 19:57
AMEI
Perfeita, ela queia-os separar mas não conseguiu =D
Posta mais destas sim?
Bijnhus


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Melanie Kaulitz
Meu perfil * Adicionar

Sobre a fic:

Titulo: The king of hip-hop
Capitulos: ?
Iniciada: 07/06/09
Acabada: --/--/--
Género: Comédia (?), angustia, romance
Banda sonora: Lista
Personagens principais:
Tom Kaulitz
Naddya Forks
Bill Kaulitz
Stella Shiffer
Yu Kaulitz
Mark Davis
Kimberlee Foster
[Descrição]
Personagens secundárias:
Jeff
Trailer: [www]

 

Recente:

The king of hip-hop - Cap...

The king of hip-hop - Cap...

The king of hip-hop - Cap...

The king of hip-hop - Cap...

The king of hip-hop - Cap...

2 anos!

The king of hip-hop - Cap...

The king of hip-hop - Cap...