Fic's:

Amo-te com todas as minhas forças
Amo-te
Passado e presente
Twincest
Juro que não te vou deixar
Juntos... para sempre?
Anjo selvagem
Amar não é crime
Feitiço de amor
It is not just sex
Quando eu crescer
Nada nem ninguém nos separa
Cedo ou tarde
My mission is kill you
Uma verdadeira história de amor
Segredo eterno
Cedo ou tarde II - Um novo começo
The king of hip-hop

One Shots:

Almas gémeas
Don't jump
Saltarei contigo
Perdoas-me? Claro!
Traído pela alma gémea
Esta separação só nos juntou ainda mais!
Somos amigos? Não. Irmãos!
Mata-me se fores capaz
Desculpa, mas eu odeio-te!
Cala-te e trabalha
Eu sou só teu... e demais ninguém
24 horas
Não te quero perder
Anjo da Guarda
Quero-te sempre comigo
Agora estou sozinha
My sweet vampire
Ich liebe dich
Preciso de ti...
Pequeno segredo
Tentação proibida
Tu és a minha metade
Equação
Forever yours
Por mais errado que seja
Sempre te amei
Revenge
Forgive me
I will be
Can you feel the love tonight?

Todo o rei tem de ter a sua rainha...

Sábado, 18 de Julho de 2009

One Shot - Revenge

Hello! ^^

Bem... este é o último post que eu faço aqui antes de ir para o Algarve. ^^

Ainda podia postar outra O.S hoje, mas eu vou ao cinema por volta das 15:00h ver o novo filme do "Harry Potter" com uma amiga e nós só temos filme às 17:00h e devemos sair de lá bué tarde. E eu ainda venho ao pc, só que vou só postar no blog pessoal! n.n

Espero que gostem desta One Shot.

Tenho de referir que, o principio da mesma foi escrita pela Rak, ela ajudou-me. E o cabeçalho foi feito pela minha mana.

Kiss...

____________________________________________________________________

 

Género: Angustia, drama...

 

 

Revenge

 

A loja estava calma; tudo estava calmo. Lindsay escolhia, atentamente, as roupinhas para a sua futura filha. Algo lhe despertou a atenção; um homem com um gorro preto, com algo dentro do bolso, entrou de relance na loja e dirigiu-se ao balcão, sussurrou algo imperceptível à rapariga que estava para lá do balcão, fazendo com que esta ficasse altamente nervosa e atrapalhada. Lindsay apercebeu-se que poderia ser um assalto e ligou imediatamente para a polícia, foi uma tentativa com sucesso, em pouco tempo, os polícias chegaram; Lindsay e a recepcionista da loja eram as únicas reféns; o assaltante agarrou Lindsay e apontou-lhe a arma à cabeça, saindo, depois, para a rua, pedindo um carro para fugir, o pedido foi-lhe negado. Bill, o assaltante, ameaçou matar Lindsay; Lindsay já estava no fim da gravidez e começou a entrar em trabalho de parto, Bill ficou atrapalhado, mas manteu a sua postura de assaltante; Lindsay sentou-se no chão aguentando as dores e pedindo por tudo para que ele a deixasse ir, ele olhava-a e olhava para os polícias, mas foi teimoso e não cedeu. Tom, namorado de Lindsay e pai da filha que ela ameaçava ter ali, mesmo em frente da loja e no chão sem condições nenhumas, chegou à loja, pois tinham combinado encontrar-se ali, para comprar as últimas roupas antes do parto; Tom olhou o assaltante e percebeu logo de quem se tratava.
 
Tom - Não mudas mesmo! – Dizia chegando perto de Bill, os polícias bem o tentaram impedir.
 
O moreno soltou uma gargalha cínica.
 
Bill – Já deverias saber que não, meu querido irmão. – Lindsay gritou.
 
Tom - Lindsay! – Tom olhou a namorada e agachou-se ao pé dela.
 
Lindsay - Tom. – Respirou fundo. – A nossa filha vai nascer.
 
Tom - Bill deixa-a, ir! – Tom levantou-se, de repente, mandando um encontrão no irmão; Bill foi mais ágil e apontou a arma à cabeça do irmão. – Mata-me! Mata-me se queres, mas deixa-a ir.
 
Lindsay - Tom! Não. – Bill num movimento rápido e ágil disparou contra Lindsay.
 
Tom - Não! – Os polícias prenderam Bill. – Isto não vai ficar assim, Bill. VAIS PAGAR TUDO POR TUDO! – Bill sorriu vitorioso. - Lindsay. Lindsay por favor. Não vás, pela nossa filha. Lindsay. – Tom beijou-a, selando a promessa de que era para sempre com uma lágrima salgada e bem gorda. – Amo-te para sempre. – Os médicos agarram Lindsay, meteram-na numa maca e tentaram reanimá-la; para surpresa de Tom, que se estava a ir embora, ouve-se o choro de uma criança, era Miriam a filha de ambos, Tom sorriu. A sua filha tinha nascido, sobreviveu e estava ali! Tom correu para a ambulância, na esperança de que Lindsay também tivesse sobrevivido, mas em vão; Tom pegou em Miriam acariciando-lhe as bochechinhas suaves, com os seus, finos, dedos. – Obrigado. Obrigado, Lindsay. – Tom elevou Miriam no ar, entrou na ambulância e foram para o hospital. Dali a, uma noite iria ser o funeral da sua namorada.
 
 
Dois anos se passaram desde aquele horrível episódio.
Por muito difícil que tenha sido ao princípio, Tom conseguiu habituar-se a viver sem Lindsay.
A pequena Miriam cada vez estava mais crescida. Tornou-se cada vez mais parecida com a mãe em todos os sentidos.
Tom orgulhava-se muito da sua filha, mas dentro dele havia algo que ele ainda tinha de fazer. Apesar de saber que nunca mais veria a sua filha nem a luz do sol havia uma coisa que ele precisava de fazer: vingar-se daquele que lhe tirou a pessoa que ele mais amava neste mundo!
Era seu irmão gémeo, ele amava-o. Mas desde o dia em que ele tinha assassinado Lindsay o seu ódio era muito maior.
Saiu de casa com Miriam e dirigiu-se à casa da sua mãe, com o intuito de deixar a filha com a avó; tinham acabado de lhe dar a notícia de que Bill tinha fugido da prisão, e que neste momento ele se encontrava em fuga; Bill tinha-lhe mandado uma mensagem a dizer que se queria encontrar com ele. Era a sua oportunidade de se vingar!
Deixou Miriam nos braços de Simone e, antes de partir, deu um último beijo na testa da sua única razão de viver.
 
Tom – O pai ama-te muito! – Sussurrou-lhe ao ouvido; Miriam respondeu-lhe com um dos seus maiores sorrisos, o que fez Tom derramar uma lágrima solitária; despediu-se da mãe – que se encontrava completamente confusa -, e partiu para o ponto de encontro onde se iria encontrar com o irmão.
 
Chegou a uma praia deserta e logo avistou Bill, que olhava na sua direcção com um sorriso malicioso.
O loiro tirou um objecto do porta-luvas do carro, colocou-o no bolso, e saiu do veículo em direcção ao sujeito moreno que se encontrava à beira mar.
Parou a uns três metros do irmão e ambos ficaram em silêncio por algum tempo. Um silêncio mortal e asfixiante, de meter medo a qualquer um que por ali passasse.
 
Bill – Nunca pensei que viesses. – Foi o primeiro a cortar o silêncio.
 
Tom – Eu também nunca pensei que tu fosses capaz de me estragar a vida. – Tirou o tal objecto do bolso e apontou-o para a sua frente: uma arma! – Eu estava disposto a perdoar-te por todos os crimes que tu tinhas cometido até ali. Mas aquele foi a gota de água! – Puxou o gatilho.
 
Bill – E agora tu decides matar-me! – Riu-se cinicamente. – Força! – Incentivou. – Mata o teu próprio irmão gémeo. – Soltou uma gargalhada sonora e completamente falsa.
 
Tom – Tu deixas-te de ser meu irmão gémeo a partir do momento em que matas-te a Lindsay. – Gritou.
 
Bill – Então agora decidis-te vingar-te!
 
Tom – Exactamente. – Sorriu arrogantemente.
 
Bill – Força! – De repente apareceram vários carros da polícia e vários policiais dirigiram-se a eles, rodeando-os. – Parece que temos companhia.
 
Tom – Cala-te! – Gritou novamente. – Eu posso ir preso, mas tu vais pagar por todos os crimes que cometeste. – Dito isto disparou.
 
Bill caiu inanimado no chão; a bala tinha-lhe perfurado o peito e a sua morte fora instantânea.
Grandes e grossas lágrimas escorriam agora pelo rosto de Tom. A arma escorregou-lhe da mão e foi de imediato algemado pela polícia. Agora sim, a sua vida estava completamente acabada.
Mas nada mais lhe importava, pois a sua vingança estava cumprida!
 

Fim

Estou ou escrevo: ^^
Estou a ouvir: TVI
tags:

By мєℓαηιє кαυℓιтz às 10:41

Link do post | Adicionar aos favoritos

De • Smartie a 18 de Julho de 2009 às 18:51
olaa' ^^

gostei muito da one-shot..apesar de muito triste, esta' muito bonita tambe'm *o*

beijinhoo*


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Melanie Kaulitz
Meu perfil * Adicionar

Sobre a fic:

Titulo: The king of hip-hop
Capitulos: ?
Iniciada: 07/06/09
Acabada: --/--/--
Género: Comédia (?), angustia, romance
Banda sonora: Lista
Personagens principais:
Tom Kaulitz
Naddya Forks
Bill Kaulitz
Stella Shiffer
Yu Kaulitz
Mark Davis
Kimberlee Foster
[Descrição]
Personagens secundárias:
Jeff
Trailer: [www]

 

Recente:

The king of hip-hop - Cap...

The king of hip-hop - Cap...

The king of hip-hop - Cap...

The king of hip-hop - Cap...

The king of hip-hop - Cap...

2 anos!

The king of hip-hop - Cap...

The king of hip-hop - Cap...